Acesse:

Compartilhe:

Invictos, mineiros brilham na bocha e no vôlei sentado

14 de setembro de 2016, 15:25
Atualizado em 15 de setembro de 2016, 13:12

Natural do território Triângulo Sul e atleta de bocha pela Associação dos Deficientes Físicos de Uberaba, José Carlos das Chagas venceu seus dois primeiros desafios nos Jogos Paralímpicos Rio 2016. O mineiro bateu o chinês Kai Sun por 3 a 2 e o japonês Yuriko Fujii por 5 a 1, o que lhe rendeu a liderança do grupo A do Individual Misto BC1 (atletas com paralisia cerebral que conseguem arremessar a bola). Ele encerra sua participação na primeira fase ainda hoje (14/09), às 17h, contra o tailandês Pattaya Tadtong. Também com bons resultados, a Seleção Brasileira de Voleibol Sentado Feminino — que conta com a varginhense Janaína Petit — ainda não perdeu sets na competição e derrotou os Países Baixos (25/18, 25/15 e 25/21) no seu último confronto, o que garantiu às meninas uma vaga na semifinal. O próximo compromisso ainda não possui adversário definido e está marcado para amanhã (15).

Na natação, Ruiter Gonçalves (S9 – deficiência física) e Mariana Ribeiro (S10 – deficiência física) ainda possuem chances de medalhas nos revezamentos 4x100m livres e, no caso apenas do nadador, nos 4x100m medley. Ontem (13), eles foram às finais dos 50 e dos 100m livres, respectivamente, mas não conseguiram ficar entre os primeiros colocados. Outros dois atletas que ainda possuem possibilidades de pódio são Guilherme Batista (S13 – deficiência visual), nos 100m livres, e Ruan Lima (S9 – deficiência física), nos 4×100 medley.

Após garantir três medalhas (uma prata e dois bronzes) para o Brasil, o atletismo paralímpico de Minas Gerais ainda está na briga por medalha com a betinense Terezinha Guilhermina (T11 – deficiência visual), que compete nos 400m rasos e no revezamento 4x100m. Ontem, a mineira foi eliminada na final dos 200m rasos, mesmo dia em que a uberabense Poliana de Jesus (F54 – competidores em cadeira de rodas) ficou em 5º lugar no lançamento de dardo. Hoje foi a vez de Izabela Campos (F11 – deficiência visual), medalhista de bronze no lançamento de disco, competir no lançamento de peso e conseguir a 11ª posição.

Ainda nesta quarta-feira os mineiros do rúgbi em cadeira de rodas, integrantes do atual campeão brasileiro Minas Quad, entram em quadra para encarar o Canadá, às 19h15, em partida válida pela primeira rodada do grupo A. Na vela, o belo-horizontino Antônio do Carmo e o contagense José de Abreu, que ocupam a 12º posição geral, dão continuidade à prova com barco de quilha fixa para 3 pessoas, com a regata 6.

Foto: Ana Patrícia Almeida/Rio 2016.

Imprimir Download PDF

Mais notícias...