Acesse:

Compartilhe:

Terezinha Guilhermina chega à final nos 400 metros rasos e pode conquistar sua segunda medalha nos Jogos Rio 2016

16 de setembro de 2016, 15:05
Atualizado em 16 de setembro de 2016, 15:10

Prata no revezamento 4x100m, a betinense Terezinha Guilhermina está classificada para a final dos 400m rasos, disputada nesta sexta-feira (16/09), às 17h30. Sete vezes medalhista em Jogos Olímpicos, a atleta tem a chance de faturar a sexta condecoração para Minas Gerais na Rio 2016, sendo quatro no atletismo — além da própria Terezinha, Rodrigo da Silva (duas vezes) e Izabela Campos também chegaram ao pódio — e uma na natação, com Ruiter Gonçalves.

As outras chances de medalha para o estado concentram-se na Seleção Brasileira de Vôlei Sentado Feminino, que conta com Janaína Petit (Varginha), e no revezamento 4x100m medley, prova na qual o time brasileiro disputa a final com dois mineiros: Ruan Lima e Ruiter Gonçalves, ambos de Uberlândia. Eles entram em ação amanhã (17), às 20h32, mesmo dia em que Janaína e suas companheiras lutam pelo bronze, diante da Ucrânia, às 16h30.

Na vela, os mineiros Antônio do Carmo e José de Abreu ocupam a 11ª colocação geral no barco de quilha fixa para três pessoas, com duas regatas a serem disputadas. Já no rugby em cadeira de rodas, os integrantes do Minas Quad Rugby — Davi Abreu, Guilherme Camargo e Júlio Braz, comandados pelo técnico Rafael Botelho — se despediram dos Jogos Rio 2016 na manhã de hoje, após derrota para Grã-Bretanha por 52 a 32. Júlio foi o artilheiro do Brasil na campanha com 42 gols, apesar da eliminação precoce da equipe.

O Brasil conta com sua maior delegação na história dos Jogos Paralímpicos com 286 atletas, sendo 27 representantes de Minas Gerais: 17 atletas, nove técnicos e um auxiliar técnico.

Foto: Cleber Mendes/MPIX/CPB

Imprimir Download PDF

Mais notícias...